Por que vender em Marketplace?

As vendas em Marketplace vem crescendo no Brasil e, com isso, surgem novas oportunidades de investimento para os varejistasConfira o porquê de utilizar essa estratégia de negócio!

O marketplace é um modelo de negócio estruturado em três partes principais: o comprador, o intermediador e o vendedor. Abaixo explicamos como isso funciona e as vantagens que isso pode trazer para o seu negócio.

Comprador:

Nesse grandes canais como Amazon, Mercado Livre e Lojas Americanas, o cliente é impactado por diferentes produtos. A estrutura do marketplace como suas várias categorias vai garantir que ele consiga comprar tudo o que desejar e pagar em uma única conta.

Com uma compra facilitada o comprador consegue resolver todos os seus “problemas” de forma centralizada, ou seja, tem menos trabalho e consegue melhores condições de pagamento e entrega.

Intermediador:

O marketplace será a interface com o consumidor final e para que as vendas ocorram dentro de algumas regras pré-estabelecidas, oferece suporte ao lojista para cadastrar e vender seu produtor com mais facilidade.

Além disso, oferece dicas e treinamentos para que o seller possa obter crescimento nas vendas.

Vendedor ou Seller:

É quem administra a operação da entrega e da atualização das informações como preços e estoque para que a oferta se mantenha ativa. Esse representantes pode ser indústrias, distribuidores ou varejistas.

Em um primeiro momento a figura do intermediador pode parecer até desnecessária, mas é aí que dois conceitos precisam ser bem trabalhados: a segurança e a estratégia de vendas.

Em termos de segurança, o marketplace acaba passando mais confiança ao consumidor, tanto pelo reconhecimento da marca quanto pelo poder de resolver boa parte dos problemas.

Sobre a estratégia de vendas, vale reforçar que utilizar o marketplace não exclui sua loja virtual como foco da negociação. Muito pelo contrário, a diversificação é a expansão do alcance do negócio.

E nesse cenário, o Vtrina atua como um facilitador, conectando as lojas ao Marketplace. E isso envolve não apenas uma “integração” dos produtos aos canais, mas também a moderação e adequação dos itens antes do envio para venda. Ou seja, queremos favorece e proporcionar a real oportunidade de venda para o Seller.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos recomendados

plugins premium WordPress